Agora também aqui

quarta-feira, abril 11, 2007

300

Depois de mais de um mês, regressei ao cinema.

Escolha - 300, claro.
Local - Campo Pequeno, salas novas e ainda desconhecidas.
Companhia - a melhor! Se bem que alguns se cortaram... =(







Quanto ao filme, espectacular!
A música, sempre adequada. A fotografia, linda. A história, já conhecida, bonita.
As cenas de sexo, com uma abordagem muito posterior. Conteúdo homoerótico por tudo o que é lado. Não bastava os corpos semi-despidos, como ainda mandam piadas uns aos outros... personagem favorita, a rainha, sem dúvida! uma mulher com H grande!

8 comentários:

Dark Electronic disse...

E não me convidaste =O

Oz disse...

É, acho que não há como não reparar na carga homoerótica do filme. Também fiz um post recente sobre o tema.
Abraço

inixion disse...

sim..."carga" por tudo qto é lado ;) lol

qto ao filme está muito bonzinho e a realização e fotografia nem se fala né! :)

Momentos disse...

Curioso o filme.
Inovadora forma de filmar, de captar momentos e obter resultados diferentes e surpreendentes.

A ver e rever para melhor entender certos instantes.

Will disse...

Olá.

Vi o teu comentário ao meu post sobre o filme. Também não me recordo dos termos exactos do diálogo entre esses dois soldados, mas que não é diferente do que homens heterossexuais têm entre si na brincadeira... Recorda-me as piadas que se mandam nos jogos de futebol ou numa noitada de copos com colegas.
Na minha opinião (que, como referi ao Oz, assumo que é claramente minoritária) existe um teor altamente erótico no filme, sim: heterossexual. A sacerdotisa que satisafaz a luxúria dos Éforos, a rainha a ter sexo com o rei, a rainha a ter sexo com o conselheiro (muito sexo aquela mulher tem, lol) e as bailarinas de Xerxes que seduzem Efialtes com uma postura quase "hard core".
Por fim, concluo da mesma maneira que concluí o diálogo com o Oz. A magia da arte (neste caso da sétima arte) é esta: estimular o espírito crítico e a troca de ideias. Pelos vistos o filme conseguiu atingir esse objectivo na perfeição =)

Um abraço

Dark Electronic disse...

É um grande filme! Em todo o sentido da palavra "grande".

ocnarb|ecléctico disse...

A magia da 7ª arte está onde nós a queremos ver. Os seus objectivos iniciais apenas os irmãos Lumière o saberão. Entretanto esses objectivos já foram distorcidos e retorcidos e contordidos e é por isso que a magia da 7ª arte existe em inúmeras intensões. Queria ainda acrescentar que o filme é fabuloso.

heartvibes disse...

A minha irmã aconselhou-mo seja como for filmes épicos não fazem nada o meu género!

Blip.fm