Agora também aqui

domingo, outubro 12, 2008

Closed door

Nunca, nunca pensei que isto me fosse acontecer a mim...


Pela primeira vez em quase 32 anos de existência...

Saímos de casa, a porta quase a bater... e as chaves... lá dentro.
E a porta bateu.
E as chaves lá dentro.
E nós cá fora.

E agora? Que fazer?

Pois... ligar 112...
  E alguns minutos depois (super rápidos, eficientes, simpáticos, simplesmente espectaculares), chegou a polícia (3) os bombeiros (2).

e foi num instante...

E fiquei surpreendido como as coisas correram bem e de como foi fácil.

É bom quando os serviços funcionam!

9 comentários:

He disse...

Olha eu tive mais sorte do k tu, isso já me aconteceu duas vezes. Uma das vezes tentei abrir o tapasol e consegui (se não conseguir arranjar trabalhar vou para ladrão lol) na outra vez entrei pela janela minúscula da casa de banho que eu sempre pensei que ninguém, pelo o mesmo com um tamanho relativamente semelhante ao meu, conseguisse. A verdade é que consegui e muito rapidamente, por isso também posso seguir a carreira de Pai Natal.
Fico contente por essa situação se ter resolvido facilmente….

Big Hug

silvestre disse...

Os tipos fizeram o serviço de graça? Se sim, isso é que é sorte...

Momentos disse...

Vamos ver se será de graça, há que aguardar a volta do correio... penso eu de que...

;)

Contabilista Emocional disse...

Há uns largos anos tive uma crise de sonambulismo e acordei com o barulho, mas minhas costas, da porta de casa a bater. Estava apenas com uns calções de pijama. Desci no elevador e esperei que alguém aparecesse, um pouco consumido pelo desespero. Lá fora amanhecia, e ao fim de algum tempo senti movimento no prédio. Apareceu um vizinho que estranhou a situação, mas após uma breve explicação, pedi-lhe que me deixasse telefonar à minha mãe, que na altura tinha uma cópia da chave. Ele era dono de um café, pelo que me dirigi até lá, descalço e semi-despido, e fiz o telefonema. Passado perto de uma hora ao frio, lá se resolveu. Porque raio não me lembrei do 112? Vocês tiveram mais bom senso. E mais sorte também. Abraço!

ding ling disse...

pelos vistos, o 112 funciona melhor para abrir portas.... a minha colega de casa já esteve desmaiada na casa de banho e a "senhora" que tive ao telefone estava mais preocupada com a data de nascimento dela do que mandar os bombeiros que apareceram 25 minutos depois.

gaZpar disse...

Adoro bons serviços. ^_^

Martim disse...

Nós, por cá, temos que esperar pela manhã e pelos vizinhos dos escritórios para nos abrirem a porta do prédio. Foi o que me aconteceu...Por cá, pouca coisa "funcemina".

sp disse...

No meio de todo este caos é bom saber que ainda algo funciona bem!

Um abraço... peludo!

Graduated Fool disse...

Essa sorte não tenho eu. Foi um filme quando fui despejar o lixo e deixei a chave dentro de casa.

Blip.fm