Agora também aqui

segunda-feira, dezembro 29, 2008

Insight



Relações, pessoas, sentimentos. Porque é tudo tão complicado?

Para uma entrega total, para abrir um coração, baixam-se defesas, corremos riscos. Por vezes a entrega, a confiança é completa. E depois... magoamo-nos. Perdemos a ingenuidade. Aprendemos que aqueles que mais gostamos são precisamente aqueles que mais nos podem magoar. Pelas mais pequenas coisas.
E depois vêm as cicatrizes... e voltamos a erguer defesas com medo de sofrer. Afastamo-nos lentamente. E magoamos quem nos rodeia.

Se a confiança for quebrada, abalada? Recupera? E se recuperar, quanto tempo demora?

E depois volta tudo ao mesmo, não é?


ps- momentos introspectivos de fim de ano... não liguem

18 comentários:

JCD disse...

É tão verdade o teu texto!

Um abraço a agradeço as visitas.

Individual(mente) disse...

Tudo isso é recuperável. O tempo que pode levar depende da personalidade de cada um. O que deves mesmo evitar é magoar terceiros que, por vezes, nem sonham quais são os motivos que te levam a ter tais atitudes. É que depois vais ter de dar o braço a torcer... (dar o braço a torcer a mim custa-me horrooooores! lol)

Fica bem!

pinguim disse...

Metade dos problemas que as pessoas têm nos seus relacionamentos pessoais, advêm da falta de diálogo; se houver um diálogo sério e honesto, os males morrem à nascença...
Abraço.

heartvibes disse...

Então??? até me fizeste quebrar o meu celibato de bloguisses lol

CHEER UP!

beijinho fofinho na bochecha peluda :)

João disse...

Não podias definir melhor o meu estado de espirito neste momento. Não sei se é coincidência ou não. Está preto no branco. Grande 2009 para tí.

Kapitão Kaus disse...

Olha, eu só te posso dar um conselho: diálogo, confiança, tolerância e respeito.

Falas em confiança quebrada ou abalada. A confiança pode ser abalada ou quebrada de modo não intencional. O diálogo e a capacidade de perdoar - sim, porque todos cometemos erros, mesmo que não o queiramos fazer - constituem antídotos eficazes para garantir uma relação saudável e fortalecida.

Força!:)
Aproxima-se o fim do ano. Um telefonema poderia ser excelente! Pensa nisso.


Abraço:)

enginethrobs disse...

O que o dizem é bem verdade: nada como a honestidade, comunicação e respeito.

Depois o que depende é o grau de entrega...
Há quem se dê muito...
Há quem se dê pouco...
(É uma questão de necessidade...)

Mas dá-se na mesma. :)

Tongzhi disse...

Por vezes os obstáculos com que nos deparamos no caminho, ajudam-nos a colocar certas questões que, depois de resolvidas, nos ajudam a crescer.
Estes "balanços" são óptimos e correspondem ao um "passo em frente".

Bom 2009

Abraço

JCD disse...

Feliz 2009!

Um abraço e obrigado...

gaZpar disse...

É talvez a tarefa mais difícil dos últimos tempos que terás de enfrentar... até doi fisicamente por vezes... sente-se cá dentro, como se alguém puxasse as nossas entranhas.
A verdade é que é fácil perdoar... o difícil é esquecer!
Mas quando se ama, a confiança volta passado um tempo. Mas terá de ser um trabalho conjunto... Nunca só teu. ;-)

abraço peludo!

x_bear disse...

apenas para te mandar um abraço e desejar um 2009 em grande...
um forte abraço***

ding ling disse...

Bom ano para Ti. Abraço

x_bear disse...

2009 com um desafio... passa pelo meu "ESPAÇO" e tens lá um desafio para ti...
um abraço**

heMan disse...

não é à toa que se tornou icónico,

we will survive!

grande 2009, porque o que tem piada são os vários sabores da vida! abraço

Pedro Fitch disse...

Pois... a vida não é mesmo simples... Mas se o fosse também não tinha metade da piada, tal a previsibilidade de tudo...

Kapitão Kaus disse...

Estás melhor?

Diz qualquer coisa, pois assim deixas-nos muito preocupados.

Abraço:)

Hugo Pécurto disse...

São sempre bons estes momentos de introsspecção no início de ano, início de novo ciclo, sentimento de renovação...

Aequillibrium disse...

Obrigado a todos pelas palavras...

:_)

Blip.fm