Agora também aqui

domingo, agosto 26, 2007

Mama talk

Cada vez mais a minha mãe anda com conversas estranhas.

Pequeno almoço de ontem, os dois sentados à mesa, cada um a comer uma bela de uma torrada.

Vindo do nada, começa ela a contar-me do programa da Júlia. Como era um especial em que os convidados eram homens e mulheres, homossexuais, e como as suas famílias tinham reagido quando souberam das suas orientações. A conversa não avançou muito, pois parece que ela queria ver o programa, mas não conseguiu. Mas que achei estranho, achei. (Embora cada vez ache menos estranho...)

Hoje, nova dose.
Ao almoço, estava a dar na TV as novas moto 4 dos Socorros a Náufragos na Costa de Caparica. E pronto, começa ela a falar, de como uma conhecida nossa foi à Costa e que aquilo já não é como no tempo dela. Que agora é só homens, homossexuais. Claro que respondi: 'e?...'
Diz ela que é uma pouca a vergonha, ali aos beijos. Respondi ' mas ela tem medo? de quê? se são homossexuais, de certeza que a ela não lhe farão nada, não é? Deixem lá estar as pessoas. Se não estão a fazer mal a ninguém, qual é o problema?'

Parece que essa nossa conhecida e a minha mãe ficam muito ofendidas por verem dois homens aos beijos na praia...

Discordei, mas não alonguei demasiado a conversa, pois o meu pai estava presente.

Mas agora penso. Cada vez mais a minha mãe aborda o tema da homossexualidade. Acharia normal se fosse eu a fazê-lo (por motivos mais que óbvios...), mas ela?

Sempre me disseram que as mães sabem sempre, por muito que escolham não saber. Cada vez mais me convenço disso. Mas acho piada a algumas conversas surreais que surgem assim do nada e em que todos parece que sabem mas não sabem...

4 comentários:

Maurice disse...

Humm... parece-me que a senhora tua mãe está a dar-te sugestivos empurrões para que "desabafes"... :)

heartvibes disse...

Não é para te assustar mas comigo começou assim :D
Sê prudente

abraço

Nobody's Bitcho disse...

Olha, tem cuidado. A minha também começou assim e até já me perguntou directamente. Desmenti, claro. MAs ela não acreditou, tanto que anda a percorrer mundos e fundos a tentar descobrir alguma coisa. Bah! o.o"

pinguim disse...

"as mães sabem sempre", é muito mais que um "cliché", é mesmo verdade...
Comigo, quando finalmente lhe disse tudo, o seu comentário foi simples: sei disso há muito tempo, meu filho!

Blip.fm