Agora também aqui

segunda-feira, outubro 30, 2006

Sad weekend

Ontem senti-me mal...
Mal pela vida que levo.

Ando feliz. Finalmente tenho alguém que eu quero como me quer. Entendemo-nos bem a todos os níveis.

Este fim de semana fui a casa dos meus pais. No sábado, a família andou sempre por perto, por isso não deu para falarmos ao telemóvel. Sábado à noite, estive a mostrar ao meu irmão o mundo YouTube. Quando deixámos o computador já era tarde. Cheguei ao telemóvel e tinha a tua mensagem. Tinhas ido dormir, sem me ouvir.

Senti-me mal por não ter falado contigo.
Senti-me mal por ter querido falar contigo e não ter conseguido.
Senti-me mal porque sei que esperavas por mim e eu não consegui ligar.
Senti-me mal por não ter ligado.
Senti-me mal por não ter coragem de ligar.
Senti-me mal por não querer decepcionar os meu pais e ter-lhes falado de ti.

Atenção, como já disse, não acho que seja decepção. Se eu fosse meu filho, seria motivo de orgulho, mas os meus pais não pensam como eu.

Agora já um homenzinho (sim que isto depois dos 30...), sinto que deveria tomar uma atitude mais...


Enfim.... quem sabe um dia....

Até lá, vou gerindo esta vida que levo. Já foi dupla, agora é semi dupla...

5 comentários:

dcg disse...

Só quem nunca teve alguém realmente importante na sua vida é que não passou pelo que partilhas neste post!
Não é fácil, por isso não te sintas mal.
Uma coisa de cada vez, e se for possível!...
Abraço.

heartvibes disse...

Situação dificil de gerir...fazes-me lembrar alguém!

Momentos disse...

A vida não é dupla nem semi-dupla, é única. Com o tempo será também para ti una, sem pressões, mas com pequenas conquistas e passos dados em frente.

Hugo disse...

ai seu eu fosse meu pai... LOL
nem te conto LOL

/me disse...

Ui, que timming.
Depois de ler este post, recomendo-te um livro (que já recomendei a bastantes amigos, mas agora recomendo também a ti, depois de ler isto): "vagabundos de nós", do daniel sampaio.

Blip.fm